sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

sobre o natal

ando tão sumida daqui.....
amo tanto esse meu cantinho.
mas ando tão ocupada que o tempo que me sobra, uso com minha filha, maridão e para descansar!!!

está chegando o natal!
eu já gostei de natal. hoje eu nem ligo!!
pra mim, é mais uma data comercial.

porque o verdadeiro sentido de se comemorar o natal é o nascimento de Jesus!
é uma festa cristã!

mas todo mundo esquece. e aí troca presente, come, bebe, fala de solidariedade e nem lembra o verdadeiro motivo da festa.

eu não sou chegada a coisas comerciais!!
e não me sinto mal por isso!

e como a família do meu marido é do interior de são paulo e moramos no rj, cada ano passamos em um lugar. ano ímpar no rj e ano par em crz.
justo!

esse ano não passaremos com minha família. passaremos com a família do di.

é animado. a família dele tem muita gente. e eles gostam de bagunça.
eu me divirto.
assim como quando passo aqui no rio. somos em número menor, mas tbm é legal.

é bom estar em família. e o natal é uma oportunidade disso acontecer.

a história do papai noel tbm me incomoda um pouco.
quando eu era criança, acreditei até meus 9 anos. depois que descobri a mentira, passei a ajudar minha mãe a esconder os presentes dos meus irmão.
e me achava !a adulta'! rsrsrsrs
depois, cresci e passei a vida dizendo que se um dia tivesse filhos, jamais alimentaria essa história de papai noel.

tive uma filha. e há 4 anos 'iludo' ela com esse papo de noel.
me pergunto, por que???

não sei a resposta.
sei que eu, a pessoa que é sempre convicta de suas opiniões e contra essa onda de consumismo e ilusão natalina, alimento a história de que o noel existe e traz presentes no natal!!

vai entender....

mas acho que a primeira vez que manu chegar em casa da escola e disser: 'mamãe, fulaninha disse que papai noel não existe!!!', vou dizer: 'é verdade filha!!! é tudo mentira!'

tem também o lance da solidariedade!
nessa época pipoca gente com o discurso: 'vamos fazer o natal dos necessitados mais feliz!'

acho hipocrisia.
solidariedade só no natal?
doar cestas só no natal?
e o resto do ano??
fodam-se essas pessoas???

pois é!
pra mim, natal é o ano todo!

comemoro todos os dias o nascimento de Jesus!
ajudo quem precisa sempre!
e não preciso de datas comemorativas para presentear meus queridos!

por isso, costumo desejar que o espírito natalino se estenda por todo o ano que está por vir!!!

e é que desejo aos meus caros leitores!!

bjs

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

FAÇA VIRAR VIRAL - CAMPANHA DOAÇÃO DE ÓRGÃOS

queridos leitores!!!!

já comentei aqui que minha irmã sofria de cardiomiopatia hipertrófica e por isso precisou recorrer à um TRANSPLANTE de coração para continuar a viver! e viver com qualidade de vida que ela não tinha! lembram?

pois bem.....

muito antes da Giselle precisar de um transplante, TODOS lá de casa já éramos (e somos) DOADORES DE ÓRGÃOS!!!

porque vamos combinar, né? ÓRGÃO QUE NÃO É DOADO, É DESPERDIÇADO!!
QUEM NÃO DOA SEUS ÓRGÃOS, JOGA NO LIXO A CHANCE DE SALVAR UMA VIDA!!

então, navegando por aí, fiquei sabendo de um concurso para estimular a população a DOAR!!!

e aí, na mesma hora mandei o link pra Gi!!!

e o resultado?

confere aqui:



VAMOS VOTAR!!

E VOTAR MUITO!!!!


FAÇA VIRAR VIRAL!!!!

SE A GI GANHAR, VIRARÁ CAMPANHA NACIONAL!


E ELA É SUPER INDICADA PRA MOSTRAR A MARAVILHA

DE SE DOAR UM ÓRGÃO!!!



META DE 20 MIL VOTOS!!


DIVULGUEM POR FAVOR!!!!


segunda-feira, 29 de novembro de 2010

das pessoas, eu espero apenas aquilo que elas podem me oferecer.
nada além disso.
não espero amizade, lealdade e respeito.
não crio expectativas de como serei correspondida.
isso evita a desilusão.
às vezes me acho racional demais.
mas escolhi ser assim.
esperar das pessoas apenas o que elas são.
e não o meu reflexo.

não, essas não são palavras de alguém que sofre uma decepção.
são palavras de alguém que não exige esse ou aquele comportamento.
palavras de alguém que aceita as pessoas exatamente do jeito que elas são.

são palavras de alguém que vive de maneira leve, tranqüila!

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

news

a gi teve alta!
já está em casa!!
está 100%!

volto aqui depois que minha alergia me largar....

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

notícias da Giselle - parte 2

só estive no quinta d´or na sexta-feira, depois não voltei lá!
final de semana foi agitado por conta dos 'compromissos' da manuzita!
mas sei que está tudo bem.
papai e nino foram visitá-la ontem e voltaram animados.
ela está mais disposta.

hoje, ao falar com a minha mãe ao telefone, soube que a febre está cedendo e que o espaço entre uma febre e outra está bem maior do que antes. soube que sua urina está menos turva, não está retendo mais líquido e está deglutindo melhor, uma vez que a sua garganta está tendo suaves melhoras!

continua com antibiótico intra-venoso!

está melhorando!
devagar, mas está reagindo à infecção!

temos orado muito e Deus tem sido maravilhoso!

agradecemos orações, pensamentos positivos e torcida!

ah, pra quem não sabe, a gi é conhecida nos hospitais e entre os cardiopatas e seus familiares de musa dos cardioatas! rsrsrs
a beleza que por anos se manteve apagada, agora brilha como nunca!!!


esse link é uma parte do ensaio que ela fez, com os queridos e talentosos Márcia e Eduardo, da Doce deleite Fotografia, para comemorar sua ótima fase!


sábado, 6 de novembro de 2010

notícias da Giselle

amigos e familiares,

vou usar meu blog para dar notícias detalhadas da Giselle!
lá no facebook tenho que ser muito sucinta. por telefone, nem sempre posso falar os detalhes, pois a manuela não sabe! eu e o di achamos que nossa pequena já sofreu o suficiente pela gi na época do transplante, espera e pós operatório!

bom, na quinta-feira (04/11) a gi passou praticamente o dia todo deitada.
ela sentia mal estar e não sabia dizer ao certo se sua garganta 'arranhava' !
no início da noite, começou a apresentar febre, e alta. minha mãe medicou, mas como não cedia, achou melhor levá-la ao quinta d'or.

colheu exame de sangue e de urina. de cara já identificaram a infecção urinária.
e a febre continuava lá, sem ceder.
acharam melhor interná-la. então, 04 da matina de sexta-feira ela subiu pro quarto!

na sexta, deixei a manuzita na escola e fui ficar um tempo com ela para a mamãe vir em casa, pegar umas coisas.

como a gi passou a noite acordada, dormiu praticamente todo o tempo que fiquei por lá.
tinha enjoado pela manhã por conta dos remédios. mas na hora do almoço (graças à Deus) conseguiu comer um pouco de comida.

quando mamãe chegou, fui embora.

desde então sei das notícias por telefone.

de ontem pra hoje, a gi passou a noite em claro por conta da dor de garganta, que veio com força total. não conseguiu nem tomar o café da manhã! minha mãe já pediu e a partir do almoço de hoje a dieta será pastosa!

bom, sabe-se que é uma infecção bacteriana, mas ainda não identificaram a bactéria, pois o resultado da sorologia do sangue que ela colheu ainda não ficou pronto!

como ela está tomando antibiótico intravenoso, precisará ficar internada por, no mínimo, 7 dias.

pedimos orações!!
pois se eu, ou qualquer um de nós tivesse uma infecção dessa, seria mais tranqüilo de tratar.
ela, por ser transplantada, toma remédio imunosupressor .
como em seu corpo bate um coração que não 'veio de fábrica', o organismo 'ataca', pois identifica como 'corpo estranho'. daí a necessidade dela tomar esse imunosupressor, que tem a finalidade de diminuir a força do sistema imunológico dela, em outras palavras: enfraquecer os anti-corpos para que eles não ataquem o coração e ela não tenha a temida rejeição!
por isso, ela inspira cuidados triplicados!

temos fé que tudo acabará bem!

eu fico triste à beça ao vê-la doente! mais triste ainda por que hoje ela iria assistir, com a mamãe, à primeira apresentação da manu na escolinha, o festival de música.
enfim, se isso tudo está acontecendo, eu creio que é por permissão de Deus! que é quem sabe de todas as coisas e quem dirige nossas vidas!!

voltarei aqui com mais notícias!!
fiquem na torcida!

ps.: transmito sempre os beijos e mensagens de carinho para a gi e ela fica super feliz! ;)


quinta-feira, 4 de novembro de 2010

pra não dizer que não falei das eleições

hoje, pela manhã, estava voltando para casa, quando presenciei uma mulher, apontando para um carro (tipo utilitário, devia ser uma pajero.... sei lá) e falando pro rapaz do ponto de táxi:

“tá vendo? você falou que ela não podia parar aí, porque é ponto de táxi, e o que ela fez? virou as costas e foi embora.....”
(o rapaz, quieto, continuou ouvindo)
“votou em quem?” (o carro tinha um adesivo bem grande no vidro dizendo: eu voto na dilma, ou algo do gênero) “alá, tinha que ser na dilma!! é isso que teremos no governo desse país, falta de educação!”
eu passei o período de eleições inteiro sem escrever nada aqui sobre política, porque jurei que aqui não era lugar para isso, mas não aguentei!! cá estou eu indignada (mais do que antes)!!
não basta ter candidatos despreparados, debates-baixarias, palhaços eleitos?
agora, depois que 'a festa da democracia' (pra mim não é festa coisa nenhuma!) acabou, a baixaria retoma com força total??
vamos aos pontos!
primeiro, não acho que as eleições sejam a 'festa da democracia'!! uma porque sou contra o voto obrigatório. e outra: procura no dicionário o significado de democracia. eu vou dizer qual é:
sf (gr demokratía) 1 Governo do povo, sistema em que cada cidadão participa do governo; democratismo. 2 A influência do povo no governo de um Estado. 3 A política ou a doutrina democrática. 4 O povo, as classes populares.
governo do povo?
sistema em que cada cidadão participa do governo?
a influência do povo no governo de um estado?
hã?
onde?
aqui no brasil?... desculpa, mas não tô vendo não..... ou então eu não sou o povo, nem faço parte dele!!
a democracia que vivemos favorece uma minoria que se reveza lá em brasília e não larga o osso!! democracia que os nossos governantes vivem, onde eles são o povo e somente eles participam do governo!!
não! não estou sendo exagerada!
para mim, esse pessoal que está sugando cada vez mais nosso dinheiro, e que chamamos de 'nossos governantes' visam única e exclusivamente seus interesses particulares. buscam poder e dinheiro!
fazem uma coisa aqui, outra ali. não saem do trivial.
implantam projetos sociais e dizem que estão 'mudando a vida das pessoas'! (oi?)
ou seja, fazem o mínimo de suas obrigações e querem mérito por isso.
porque no governo do fulano e do beltrano, eles não faziam nada... então quem faz o básicão é aplaudido de pé!!
aí, o brasileiro festeja a falsa democracia quando elege o menos pior dos candidatos!!
e é incapaz de cobrar seus direitos porque acha que o basicão que estão fazendo é melhor do que nada!
fico muito P da vida com isso!
o dinheiro que pagamos de impostos (nossa carga tributária é alta pra caramba) não são administrados adequadamente!
quando digo que me revolto em pagar impostos e AINDA ter que pagar escola particular, plano de saúde, pedágio e etc, ouço que pelo menos eu tenho dinheiro para pagar!
oi?
é para rir?
quer dizer que pago impostos, não tenho retorno e tenho que ouvir isso?
não, porque certo mesmo deve ser o governo distribuir 'bolsas-não sei o que' para a massa (que não paga imposto) e deixar essa massa permanecer estacionada no tempo!!
isso sim é legal!! a massa recebe $$, que é arrecadado pelos contribuintes, e continua sem acesso à saúde e educação!
e os contribuintes não tem retorno!! não recebem benefícios do governo!!
o certo é o dinheiro do contribuinte ser desviado em esquemas sujos e milionários!
ah, a educação!!
pra que a massa vai ter acesso à educação?
comida basta né?
pra que abrir a mente estudando e ter a oportunidade de conseguir suas coisas com suor do seu trabalho? pra que?
pra que 'educar' a massa? pra que dar acesso aos livros?
se isso for feito, nossa massa descobre o que é a política do pão e circo e (quem sabe) pára de trocar o voto por um prato de comida!!! e isso nossos governantes não querem, né?
eu, por vontade divina, nasci numa família que me deu acesso à boas escolas, alimentação e saúde!
se eu tivesse tido o azar, e nascido lá no sertão nordestino, sem energia elétrica, sem saneamento básico, sem água e sem escola, certamente hoje não estaria aqui!
porque eu não teria tido oportunidade!
e as pessoa que nascem em famílias que não oferecem oportunidades por conta da falta de condições (dinheiro, trabalho), ficam à mercê da sorte!
porque nossos governantes não oferecem oportunidades para essas pessoas!
não oferecem hospitais equipados para tratar as pessoas necessitadas!
não oferecem escolas públicas com estrutura e ensino decente para preparar o cidadão para o mercado de trabalho!
aí, o cidadão nasce na pobreza, cresce e se revolta porque o cara que passa ao lado dele na rua tem acesso às coisas básicas da vida e ele não tem!!!
e isso virou um círculo vicioso!! e virou normal!
e as pessoas acham normal ter um monte de pobre, que passa fome, recebendo ajuda do governo ($) para se alimentar e não recebendo acesso à escola decente! (ser obrigado a freqüentar escola de bosta não vai levar esse povo à progresso nenhum!)
e tem gente que acha o cúmulo quando eu reclamo que quero ver o retorno do que contribuí com o dinheiro do meu trabalho!! lógico!
quero que façam jus ao dinheiro dos contribuintes !
não é só o miserável que tem que ter acesso à boas escolas públicas!
para mim, a educação pública tem por obrigação que ser melhor que a privada (o governo tem $$$ para isso, se não desviar, é claro)!
a saúde pública tem que ser melhor que a privada!!
e esses benefícios tem que ser para todos!!! TODOS! pobres e contribuintes!!!
os filhos do governador do rio de janeiro, com ABSOLUTA CERTEZA, estudam em escola particular! isso acontece com todos os governantes do país!!! alguém duvida?
pois bem, eles tem dinheiro para instruir seus filhos, então pra que vão se preocupar com o meu ou com o filho do pobre da favela? hã?
por isso que digo e repito: a nossa democracia é de merda, onde são defendidos os interesses de quem governa esse país!!
e então, se não bastasse eu considerar que nosso país estar entregue às cobras, tenho que presenciar as pessoas se ofendendo e julgando por conta de votarem nesse ou naquele candidato!!!
ah, faça-me o favor, né?
esse papo de que quem é partidário do PT não é egoísta, está sempre com a razão e se preocupa com os pobres, e de que quem é partidário do PSDB é egoísta, só pensa em si, é rico e não gosta de pobre, nordestino ou sei lá mais o que, me cansa muito!!!
quem inventou isso? e qual o motivo dessa rotulação?
uma coisa não tem nada a ver com a outra!
ser partidário desse ou daquele partido não engrandece ou desmerece ninguém!!
ser eleitor de determinado candidato não significa ser mal educado ou burro! nem que ele é rico e egoísta!!
muito me enoja vivenciar pessoas brigando, julgando as outras e até mesmo praticando o desprezível preconceito por conta de esse ou aquele candidato/partido político!!!
a liberdade existe para isso! para assegurar que o cidadão seja livre em suas escolhas e preferências!
e o respeito deve ser praticado sempre!!
deve-se haver respeito pela liberdade!!!
as pessoas são livres! tem o direito de votar em quem quiserem!
certamente arcarão com conseqüências.
positivas ou negativas.
tá rolando uma onda de declarações preconceituosas na web!
que lamentável!!!
e hoje, ao presenciar a mulher julgando a outra pelo voto, pude notar que isso não é apenas um boom do mundo virtual! e sim uma característica do ser humano que está aflorada pelo calor da disputa presidencial!!!
o ser humano é realmente um ser estranho!!!
tem tudo para ser dar certo, mas faz de tudo para estragar!!
a dilma, está lá, eleita a primeira presidente do brasil! colhendo os louros do que ainda não começou a fazer!
junto com ela, vai uma galera, passar 4 anos desfrutando das mordomias que só brasília é capaz de oferecer!!!
se vai fazer o que prometeu ou não, o tempo dirá!
mas enquanto isso, tem um bando de gente ignorante perdendo o tempo falando asneiras, praticando o preconceito contra os compatriotas, despejando raiva e ódio!
essa raiva que alguns eleitores estão despejando em outros, deve ser canalizada nos candidatos eleitos!! eles sim merecem toda a fúria da população se não cumprirem com o prometido!!!
o brasileiro é um povo (em sua maioria) hipócrita e falso moralista, que só se une quando veste a camisa amarela, em copa do mundo! aí sim, tudo é festa e alegria!!
na hora de se unir e exigir seus direitos, faz exatamente o contrário.
a população se divide, para se agredir e se odiar!
muito triste isso!!

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

presente de niver: um tapa no 'visu'!!!

já que não mudo o meu visual (leia-se aqui: peso), pedi pra minha irmã, que é designer (phyyyyyna) criar uma arte para eu colocar aqui no meu humilde bloguinho, pois eu estava pra lá de enjoada (enjôo fácil, fácil das coisas!)!!

e o meu bloguinho, que é pobre mas é limpinho (brinks), completa 1 ano agora em novembro!!!
fofo, né?

e ontem, após alguns longos dias (a gi é também minha sócia - e eu não dou mole não! - andava muito ocupada com o nosso trabalho e com seu niver!), me ligou dizendo que tinha feito (finalmente! rsrsrs)!!!

ai, fiquei tão feliz, porque ela traduziu meus pensamentos exatamente do jeito que eu queria!!!
e ainda colocou uma pin up gostosa me representando (ui!)!!!!

daí que eu nem ia alterar esse visual novo hoje, mas eu não me aguento de ansiedade e achei melhor alterar logo e poupar algumas unhas de serem roídas! kkkk

eu gostei!!
espero que tenham gostado também!

bjs em todos que lêem minhas 'loucuras', nos que comentam e nos que não comentam!

ps.: beijo especial na boca do meu maridão, que desdenha meu bloguinho mas sempre passa por aqui! rsrsrsrs


sexta-feira, 29 de outubro de 2010

por que dar limites dói?


ter filho é o que há de melhor nesse mundo!
e é o que há de mais desafiador também!
é um amor que não se mede.
uma responsabilidade que não acaba.

eu tenho uma filha.
não sei se terei mais filhos.....

educar dá trabalho.
mas pior é dar limites. isso dói na alma.
rasga o coração.

e existe um auto-julgamento que nunca acaba.
será que errei na dose? será que estou certa?
ando me julgando muito.... tá doendo.

eu poderia ignorar os limites, deixá-la mimada/insuportável, e criar um adulto imbecil.
(isso tem muito por aí)
mas prefiro ter meu coração dilacerado e ensinar o que pode e o que não pode, e dar a ela chance de ser uma adulta coerente, que respeite os limites e as pessoas e que tenha (pelo menos) um pingo de ética.

dar limites a um filho é como dar uma vacina.
dói, mas é preferível sentir essa dor cedo do que viver as conseqüências mais tarde.



terça-feira, 26 de outubro de 2010

HOJE É DIA DE CELEBRAR A VIDA DA GI!!!


a vida dá voltas.
isso todo mundo sabe, mas nunca imaginei que a minha daria tantas voltas.
a minha e a de minha família.

eu podia dizer que minha vida era um comercial de margarina. com toda certeza.
tinha uns probleminhas aqui, outros ali, mas era uma vida tranqüila.

eu não lembro exatamente o dia, e não sei porque minha memória não se encarregou de guardar esse registro. talvez porque eu quisesse nunca ter vivido isso. mas acho que foi em abril de 2007.
eu estava no meu trabalho quando minha mãe me ligou para dizer que a giselle tinha passado mal e estava na emergência do hospital são lucas desde as primeiras horas da madrugada.
eu deveria ter me chocado com a notícia, mas não. aquilo já estava rotineiro.
de tempos em tempos a cardiomiopatia hipertrófica da minha irmã proporcionava internações hospitalares, sustos na família e a deixava mais debilitada a cada dia que passava.
pouco tempo depois, meu celular toca novamente. dessa vez, minha mãe falava com voz embargada, e ao fundo, tinha um som estridente de ambulância (nunca vou esquecer). era para me avisar que a gi estava sendo transferida para o hospital quinta d'or, pois havia mais recursos e a equipe médica que a acompanhava era de lá.
eu trabalhei o dia todo apreensiva, pois pelo celular não tinha os detalhes do seu quadro. e para falar a verdade, não acreditava muito quando minha mãe dava as notícias. ela sempre amenizava o estado de saúde da gi. nunca falava a verdade por completo para mim e para meu irmão para 'nos poupar'. durante minha gravidez, a gi recebeu a notícia que a única saída para sua cura seria um transplante de coração. e ninguém me disse. me pouparam e fui a última a saber. soube bem depois que a manu nasceu. (até hoje não entendo isso, mas tudo bem. minha mãe achava que deveria agir dessa maneira na época.... eu respeito!)
nessa época, eu morava em jacarepaguá, fazia faculdade e trabalhava em copacabana.
são bairros distantes pra caramba. por conta disso, alguns dias da semana eu dormia com a manuela na casa dos meus pais.
esse dia, era dia de dormir fora de casa.
manu estava com o vovô, e tia méia dando uma força.

naquele dia, eu não tinha planejado visitá-la. estava preocupada em render meu pai e minha tia nos cuidados com a manu, que não tinha 1 ano de idade ainda.
mas minha mãe ligou, passando uma conversa fiada, que deveríamos ir vê-la. até tentei argumentar, dizendo que iria no dia seguinte, mas ela insistiu. e eu fiquei tensa.
pensei logo que aquela não era uma internação rotineira, que tinha algo de errado.
porque a giselle vivia em hospital, ora fazendo exames, ora internada por algum motivo relacionado à sua doença cardíaca. mas aquele dia, senti que tinha algo diferente.
saí do trabalho, encontrei com meu irmão e fomos direto para o hospital vê-la.

quando cheguei lá, encontrei minha mãe, do lado de fora da emergência, inchada de tanto chorar (minha mãe sempre evitava chorar na nossa frente, queria nos passar força e tranquilidade, quando na verdade sofria uma dor aguda ao ver a filha, na época com 24 anos, definhando aos poucos).
ver minha mãe daquele jeito, me doeu a alma. mas o pior estava por vir.

o nino, meu irmão, entrou primeiro.
a gi estava na enfermaria, aguardando uma vaga na UTI coronariana.
ele entrou e eu fiquei lá fora, abraçada com minha mãe.
ela chorava inconsolávelmente, como eu nunca a tinha visto chorar.
então, entre uma lágrima e outra, me disse: 'sua irmã está muito mal. por conta do coração fraquinho, teve um edema pulmonar agudo (e duplo, nos 2 pulmões). os médicos disseram que suas chances são poucas!'
minha mãe nunca tinha sido tão verdadeira comigo com relação à saúde da gi. logo, se estava abrindo o jogo, é porque o negócio era grave mesmo.
meu irmão, um cara que tem 1,80m, de fala grossa, barba na cara, saiu da enfermaria chorando como um menino. estava inconsolável também. não conseguia falar, só chorava.

rapidamente entrei. queria muito vê-la.

não lembro detalhes do local, mas lembro que tinha um cortina semi aberta envolvendo o leito que a gi estava. não queria lembrar de como a encontrei naquele dia, mas minha memória guarda aquela cena dentro de mim, bem viva.
ela estava deitada, cheia de fios e aparelhos controlando seu coração, tubo de oxigênio, um 'pi-pi' amedontrador e um barulho de bomba de ar que não sai de meus ouvidos até hoje.

sua pela estava pálida, seus lábios não tinham cor e estavam secos, seu olhar não tinha brilho, suas mãos estavam frias e seu peito inflava e desinflava no compasso do desespero.
sua fisionomia estampava a busca desesperada pelo ar.
parecia que estava dando seus últimos suspiros de vida.

fiquei ao seu lado um pouco, tentei passar força para ela. disse que a amava e que a esperava do lado de fora. não lembro quantos minutos fiquei ali. mas foram poucos. a cena era muito forte.
a minha irmã, companheira, melhor amiga, pessoa mais doce de todas e que tinha uma vontade imensa de viver, estava morrendo.
como?
como eu podia ficar ali observando ela lutar para o ar entrar em seus pulmões e não desabar??
então, dei um beijo e saí.
d e s e s p e r a d a .
não era para menos. os médicos já haviam nos dado o pior prognóstico possível.
liguei pro di e disse: 'gatinho, vai pra casa dos meus pais pra dar uma força com a manu porque eu preciso dar um apoio pra mamãe. a gi está morrendo!'

e ficamos do lado de fora, sentados num banco gelado e duro, eu, mamãe, nino e dois amigos (bruno e tatiana).
minha mãe queria passar a madrugada no hospital, do lado de fora, a postos para qualquer notícia.
esperamos a vaga na uti e a transferência da gi e fomos embora.
de nada adiantaria ficarmos ali fora, chorando e sofrendo.
nada poderíamos fazer por ela a não ser orar a Deus.
e foi o que fizemos.

no dia seguinte, para nossa surpresa, o quadro era outro. ela tinha melhorado absurdamente.
Deus, mais uma vez, tinha ouvido e atendido nossas orações.
minha mãe, que na noite anterior tinha ouvido que o estado de saúde da gi era grave e que ela estava em um quadro muito difícil, ouviu da boca de outro médico: 'sua filha tem muita vontade de viver! é quase inacreditável a mudança do quadro dela! ela está melhor!'

ela ficou mais alguns dias fazendo fisioterapia e se recuperando no hospital.
não saiu 100% pois não tinha entrado 100%.

depois, passou por outras muitas internações semelhantes e até piores que essa. teve algumas paradas cardíacas, foi reanimada algumas vezes, teve 2 isquemias, teve uma das carótidas entupida, e por fim, no dia 4 de maio de 2009, saiu de casa de cadeira de rodas e de ambulância para o aeroporto, de onde partiu para são paulo, num avião com uti móvel, para aguardar seu transplante.
ela não tinha mais forças para quase nada. seu coração era muito fraquinho.
em 23 de junho de 2009, às 11h, subiu para sala de operação do hospital beneficiência portuguesa para trocar seu coração doente por um novo.
a operação foi um sucesso, mas o pós operatório foi difícil. pegou uma bactéria e teve algumas complicações. meses depois, voltou pra casa. transformada!

ela nunca desistiu de viver! nunca desistiu de sonhar!!
passou por isso tudo sem reclamar. nunca soltou uma palavra de descontentamento. nunca questionou o por qual motivo passou 16 anos de sua vida vivendo uma doença degenerativa.
nunca perdeu a fé em Deus!

sua vida, deu uma guinada! a vida deu voltas!!!

nasceu em 27 de outubro de 1982 e renasceu em 23 de junho de 2009.

sua vida é exemplo de força, coragem, fé e perseverança.
sua beleza, ficou apagada por muito tempo, mas hoje sua pele é corada, seus lábios tem cores, seus olhos brilham de felicidade, seu fôlego é normal!

hoje, a minha irmã, minha melhor amiga, minha guerreira, meu orgulho, meu milagre de Deus, completa 28 anos de pura vitória e alegria!! 28 anos de VIDA!!!

agradeço a Deus por me permitir ser irmã dessa criatura maravilhosa, que tantas coisas me ensina nessa vida!
que essa data aconteça muitos outros anos!! pois ela ainda tem muitos sonhos para realizar! muita vida para viver!

GI, TE AMO MUITO! MAIS DO QUE VOCÊ IMAGINA!!!
OBRIGADA POR EXISTIR!




em tempo: hoje, celebro a vida da minha irmã, porque alguém manifestou, em vida, que queria
doar seus órgãos (clique aqui e saiba mais a respeito)!

seja um doador você também!

AS COISAS MAIS IMPORTANTES PRECISAM SER DITAS EM VIDA. DIGA EM CASA QUE VOCÊ É DOADOR DE ÓRGÃOS!




segunda-feira, 25 de outubro de 2010

sem título, e sem muito sentido :p

complicado o ser humano, não?
não conhece a si próprio e quer conhecer o próximo!!!

às vezes acho que nem me conheço por inteiro...

é que além de não me conhecer direito, sou uma metamorfose...
não são mudanças constantes, mas a medida que passam os anos, olho pra trás e vejo que tem 'algo' diferente!!!

isso é normal!! fato!!! acontece com todo mundo (apenas algumas pessoas não percebem, mas que acontece, acontece!)

o que não é normal é o ser estar insatisfeito com um 'detalhe' em si e não fazer nada para mudar!!! essa sou eu!!! ou melhor, essa 'estou' eu, porque se fosse antes, já teria mudado.
mas como é agora, comigo levemente alterada em minha essência, nada acontece!!

vai entender.....

ps.: não estou sob efeito de nenhuma substância alucinógena, ok??
ps.2: tô pensando em comprar uma tinta colorida e pintar umas paredes aqui em casa....
ps.3: amo muito as visitinhas que recebo aqui!! principalmente os coments!!!
ps.4: tô parando por aqui esse post pro pessoal não me julgar 'a doida de pedra da blogosfera', ok?

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

nem sempre querer é poder



eu queria uma semana em uma fazenda bem longe da cidade grande,
eu queria cavalgar por uma estrada de terra (sem rumo),
eu queria meus armários organizados para sempre,
eu queria um estoque de barras de chocolates na minha casa,
eu queria comer e nunca engordar,
eu queria um manequim 40,
eu queria uma conta bancária bem corda (sempre),
eu queria mais tempo com minha família,
eu queria ser menos ansiosa,
eu queria não roer minhas unhas,
eu queria mais filhos,
eu queria menos preocupação,
eu queria menos falsidade,
eu queria sol todos os dias e chuva fina ao entardecer,
eu queria morar numa casa,
eu queria um quintal gramado,
eu queria uma vista verde,
eu queria uma rede na varanda,
eu queria a casa dos Jetsons,
eu queria controlar o tempo,
eu queria uma vida livre de rótulos e cobranças,
eu queria ser criança outra vez,
eu queria viver apenas momentos felizes,
eu queria .......

eu queria que minha vida tivesse botão de PAUSE para pausá-la de vez em quando, e nos intervalos viver os meus sonhos realizados, ainda que eles fossem impossíveis!

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

com as eleições, o nosso futuro recomeça??

as eleições estão chegando (isso não é novidade para ninguém)!
eu vou confessar uma coisa, estou tão cheia desses políticos, exausta dessas campanhas milionárias com falsa promessas e dos debates que pouco tem a acrescentar (pois os candidatos estão mais preocupados em se atacar do que com outra coisa) e tão cansada de olhar para cada canto da cidade e enxergar milhares de fotos dos caras de pau, que nem tenho ânimo para se quer comentar algo sobre democracia e tals. aff!
então, resolvi postar a letra e o vídeo de uma música que retrata EXATAMENTE o que penso sobre a atual situação do nosso 'país tropical'.
bom, pra que tem 'pregui' de assistir o vídeo, leia a letra, ou faz o contrário!
renato russo foi o poeta da minha geração! e o ser humano (principalmente o brasileiro) evoluiu tão pouco que a letra, escrita há mais de 14 anos (se não me falha a memória....) pode ser cantada hoje que cai como uma luva para essa nossa sociedade hipócrita e medíocre!
(me revolto quando vejo uma penca de gente ir na televisão, favela e andar no meio do povão, dizendo que se preocupa com o futuro do país e que vai mudar a política no brasil! aff, me poupem!)
fica para outro post essa minha revolta! rsrs

Vamos celebrar
A estupidez humana
A estupidez de todas as nações
O meu país e sua corja
De assassinos
Covardes, estupradores
E ladrões...
Vamos celebrar
A estupidez do povo
Nossa polícia e televisão
Vamos celebrar nosso governo
E nosso estado que não é nação...
Celebrar a juventude sem escolas
As crianças mortas
Celebrar nossa desunião...
Vamos celebrar Eros e Thanatos
Persephone e Hades
Vamos celebrar nossa tristeza
Vamos celebrar nossa vaidade...
Vamos comemorar como idiotas
A cada fevereiro e feriado
Todos os mortos nas estradas
Os mortos por falta
De hospitais...
Vamos celebrar nossa justiça
A ganância e a difamação
Vamos celebrar os preconceitos
O voto dos analfabetos
Comemorar a água podre
E todos os impostos
Queimadas, mentiras
E seqüestros...
Nosso castelo
De cartas marcadas
O trabalho escravo
Nosso pequeno universo
Toda a hipocrisia
E toda a afetação
Todo roubo e toda indiferença
Vamos celebrar epidemias
É a festa da torcida campeã...
Vamos celebrar a fome
Não ter a quem ouvir
Não se ter a quem amar
Vamos alimentar o que é maldade
Vamos machucar o coração...
Vamos celebrar nossa bandeira
Nosso passado
De absurdos gloriosos
Tudo que é gratuito e feio
Tudo o que é normal
Vamos cantar juntos
O hino nacional
A lágrima é verdadeira
Vamos celebrar nossa saudade
Comemorar a nossa solidão...
Vamos festejar a inveja
A intolerância
A incompreensão
Vamos festejar a violência
E esquecer a nossa gente
Que trabalhou honestamente
A vida inteira
E agora não tem mais
Direito a nada...
Vamos celebrar a aberração
De toda a nossa falta
De bom senso
Nosso descaso por educação
Vamos celebrar o horror
De tudo isto
Com festa, velório e caixão
Tá tudo morto e enterrado agora
Já que também podemos celebrar
A estupidez de quem cantou
Essa canção...
Venha!
Meu coração está com pressa
Quando a esperança está dispersa
Só a verdade me liberta
Chega de maldade e ilusão
Venha!
O amor tem sempre a porta aberta
E vem chegando a primavera
Nosso futuro recomeça
Venha!
Que o que vem é Perfeição!...


sexta-feira, 24 de setembro de 2010

190 milhões de vítimas

Em setembro de 2006, um jato Legacy, pilotado pelos americanos Joe Lepore e Jan Paul Paladino se chocou com o voo 1907 da Gol. O acidente derrubou o avião da Gol e fez 154 vítimas.
Com os pilotos, nada aconteceu, literalmente. Os dois continuam trabalhando e não foram responsabilizados por seus atos.
Há um movimento chamado, 190 Milhões de Vítimas, que está pedindo assinaturas para que os dois pilotos sejam finalmente punidos em seu próximo julgamento.
Faça como eu, assine também!
Acesse:



quarta-feira, 22 de setembro de 2010

a bagunça que nunca acaba: a minha!

eu queria ser organizada! juro!
eu tento, mas é tão difícil manter as coisas no lugar!
quando casei, há quase 9 anos, minha irmã comemorou minha saída do quarto! sério!
somos e sempre fomos super amigas, mas ela sempre odiou minha bagunça!!
ela e a família inteira!
meu marido (tadinho) atura minha bagunça! chama minha atenção, é fato (muitas vezes em vão)!
merece busto de bronze em praça pública por conviver com uma pessoa tão bagunceira!
meu armário nem fecha direito (mãe, não leia esse post)!!
ele está tão bagunçado que eu nem tenho coragem de começar uma arrumação com medo do que vai sair de lá!
sério!!!
é que arrumo umas 15 vezes no ano e não sei como desarrumo com tanta facilidade!
acompanho uns blogs que ensinam organização e tals, mas esse defeito é de fábrica!! não está adiantando.
não é que eu goste de bagunça, pelo contrário! amo uma organização!
fico pensando que se ganhasse na mega sena acumulada (primeiro eu teria que começar a jogar! wow!) seria que nem o clodovil!
teria uns inúmeros empregados, uma casa impecável (não sei se teria o bom gosto que ele tinha! mas chamaria um profissional pra cuidar da decoração!) e seria insuportável! sim, tenho essa consciência! porque assim como ele, ia querer que minha roupa de cama (com monograma bordado) fosse trocada diariamente (porque não há nada melhor que dormir em uma cama cheirosa com roupa de cama passada e engomada!).
ia ter também um cozinheiro de mão cheia que só ia fazer comidinhas light e variadas. assim eu conseguiria manter a dieta. porque fala a vardade: é muito mais prático cozinhar um macarrão e fritar um bife do que fazer uma salada!!

o que quero dizer com isso tudo?

quero dizer que a cada dia que passa me convenço de que Deus é perfeito!!!
porque se não fosse, eu teria nascido com muito dinheiro, não precisaria trabalhar, iria viver no shopping gastando no cartão de crédito do marido (pra isso teria que ter me dado um marido milionário também!) e preocupada com as tendências da última moda de Paris!
ainda bem que Deus existe e é perfeito, porque senão.... eu certamente seria uma desorganizada insuportável! rsrsrs

ps.: enquanto você, caro leitor, estiver lendo esse post, estarei em algum lugar da minha casa procurando coragem para arrumar meu armário! de novo.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

mary e max

o meu marido é movido à filmes. quando não tem nenhum filme inédito ou interessante passando em um dos 3.598 canais da tv por assinatura, nem disponível na locadora ele senta em frente ao computador e procura algum pra baixar (ou em último caso, assiste um repetido na televisão mesmo)!
sério! no início do nosso namoro, há mais de 10 anos, eu achava que ele tinha sérios problemas! juro! o tempo passou e até hoje não sei se realmente ele sofre de algum distúrbio por ter perdido as contas de quantas vezes assitiu 'o poderoso chefão'! o que sei é que acostumei com essa obsessão por filmes!! e confesso, às vezes entro na onda dele!
bom, nem sei porque estou falando das neuras do di aqui.... na verdade, quero falar sobre um filme lindinho que ele baixou e me apresentou no último domingo!!
'gata, olha que animação fofinha que eu baixei!! vamos assistir?'
e já foi dando o play e eu nem pude negar (às vezes eu nego!).
e realmente foi uma das animações mais lindinhas que já assisti nos últimos tempos!!
chama MARY E MAX!
é uma animação longa-metragem de stop-motion (cult e super premiada) escrita por Adam Elliot que conta a história de amizade de uma menina australiana de 4 anos, Mary Daisy Dinkle, e um homem americano, Max Jerry Horowitz, de 44 que se correspondem por carta. São dois personagens solitários que tem suas vidas cruzadas pelo ac
aso: uma página aberta da lista telefônica!
não sou muito boa em ficar fazendo sinopses de filmes! mas posso dizer que trata, também, de pen-pals (amigos de correspondência)!

tudo no filme me chama atenção, principalmente a troca de cartas!!!
isso é uma coisa tão rara hoje!
esses dias eu estava pensando sobre isso!
eu acho que os correios sobrevivem de sedex e de mala direta das empresas! só pode!
porque com a tecnologia, as cartas ficaram para trás!
e falo isso de cadeira!
quando mudei pra sampa em 91, deixei no rio uma melhor amiga e uma prima (tenho várias primas, mas essa sempre foi minha amiga de confidências)!! ah, tinha uma prima em cruzeiro-sp também!
trocávamos cartas semanalmente! eu, me lembro como se fosse hoje: voltava da escola e ia direto na portaria para ver se tinha alguma carta pra mim!
era uma espera gostosa. e quando eu escrevia, caprichava na letra (porque minha letra sempre foi uma garrancho), colava adesivo, mandava foto, usava caneta colorida e tudo que tinha direito! desenhava até no envelope! depositava ali todo o meu carinho!
e naquela época (uó falar naquela época!! coisa de velha!) não tinha essa concorrência acirrada de empresa telefônica, não! o ddd era caro pra caramba!! então, eu recorria à boa e velha carta!!
era muito bom!!! tenho muitas saudades!

aí, o tempo passou, a tecnologia chegou! trouxe muita coisa boa, fato incontestável! mas como nada é perfeito, levou embora as cartas!!!
hoje, são os emails que tomaram o seu lugar! é bom porque é rápido e tal, mas nada como a boa e velha carta. tem todo um romantismo! (tô me sentindo com 70 anos falando desse jeito.....)
tudo bem que se não existisse internet hoje em dia eu talvez não praticasse mais a amizade por correspondência, afinal, filha e marido tomam tempo!!!
as coisas vão ficando mais rápidas e ágeis e as formas de comunicação tem que acompanhar também! não sou contra a tecnologia, pelo contrário! AMO! mas tenho saudades dessa época gostosa que ficou lá trás e que nunca irá voltar!! sempre me lembrarei com muito carinho!!

bom, fica a dica do filme! depois me digam o que acharam.....

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

respeito? cadê ele? quem escondeu?

gosto de viver com pessoas ao meu redor!
preciso de gente!! sempre!!!
o fato de eu precisar e ser feliz por estar cercada de pessoas não significa que essa gente que me cerca pode tentar me controlar, dizer o que eu devo ou não devo fazer, se estou certa ou errada!
cara, que saco!!
não é que eu sou uma pessoa que não aceita conselhos ou dicas... mas é que quando eu preciso de conselhos e dicas eu peço!! e dependendo da dica, nem preciso pedir, ela vem nas entrelinhas!!
e o fato de receber conselho e não significa que tenho que segui-lo necessariamente! (é ou não é?)
cuido da minha vida e vivo de uma maneira só minha!
tenho os meus valores, a minha fé, minha maneira de pensar e de agir (assim como qualquer ser humano)!!
e se tem uma coisa que eu super valorizo é o respeito!! é o que mais prezo nessa vida!
RESPEITO PRA CARAMBA O ESPAÇO ALHEIO!! juro!!!
mas em troca, exijo que o meu espaço seja imaculado!!!
tenho 30 anos e conheço pouquíssimas pessoas (mas poucas mesmo) que respeitam o espaço alheio assim como eu!!
queria saber qual é a dificuldade de cuidar apenas da sua vida!!
qual a dificuldade de aceitar as outras pessoas como elas são na sua essência (ainda que seja diferente de você)!
é muito fácil apontar o defeito dos outros e não se olhar no espelho!!!
é muito fácil falar e sair andando!!
é muito fácil exigir a perfeição alheia e um comportamento perfeito!
mas por que será que há dificuldades em se auto-julgar?

onde houver o respeito, haverá a harmonia!!

eu continuo aqui, no meu espaço, cuidando da minha vida e me auto-julgando!




"The least you can do is keep quiet"

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

sem assunto e com muita preguiça!

já disse aqui antes que esse meu bloguitcho é o meu lugar de dizer o que quero e como quero. é aqui que eu 'desopilo'!!
tadinho dele... anda tão abandonado que resolvi passar por aqui hoje!!
a vida é corrida, mil e uma coisas para se fazer e tals, mas o que tem me impedido realmente de vir aqui é minha falta de inspiração! quero dizer, até tenho inspiração para escrever, o que está me atrapalhando é a minha preguiça! que anda grande!!
e também o fato de que às vezes acho que estou me expondo demais.
pausa
tenho um sério problema: não gosto muito de abrir minha vida! de dizer o que estou fazendo, com quem, onde tenho ido, etc, etc
vou confessar que o blog tem me ajudado com essa neura (freud explica?!?!?!)!
é que na realidade o que acontece é o seguinte: exposição na vida real é diferente de exposição no mundo virtual! (dãããn!!!)
ok, isso todo mundo sabe! mas o que ninguém sabe é que talvez eu não saiba ainda essa diferença, e que morro de medo de virar comentário(hã?)!
e aí, que nem sempre estou afim de colocar o tico e o teco pra pensar e escrever sem me revelar! (ai, ai, ai!)
e quando vejo já estou colocando foto minha e da minha família (nada contra) e indo totalmente contra ao que penso!
antes que alguém diga algo parecido com: 'ah, mas vc tinha orkut e tem facebook e coloca foto da sua família!', eu explico: quando digo 'indo totalmente contra ao que penso!' estou me referindo a proposta do meu blog!!! que a princípio era materializar meus pensamentos e tals!!
despausa
bom, é isso!! ando muito preguiçosa!!!! (rsrsrsrs)
voltarei brevemente para me revelar mais!
prometo que depois do feriado (vou viajar) acho um tempinho e venho aqui fazer minha terapia virtual, digo: escrever no meu bloguitcho!
kkk

bjks


terça-feira, 17 de agosto de 2010

festa da manuzita

eu tinha dito aqui que estava fazendo a festinha da minha filha pessoalmente, lembram?
(refresque sua memória clicando aqui)

na realidade, essa história de fazer a festinha da manu começou com uma paranóia minha: estava cansada daquelas mesas 'bufantes' cheias de coisas em cima, luzes e bichinhos de pelúcia e aquele painel mega-ultra-master-colorido, mais um monte de bola pendurada no meio disso tudo!!

pausa
eu sou chata mesmo!! não sigo modas nem tendências, faço o que me dá na telha e dane-se o que pensam sobre mim!! e quando cismo com alguma coisa.... difícil mudar minha opinião....
despausa

nada contra quem faz festa assim, ano passado a da manu também foi nesse estilo. não é que eu ache feio e tals... só estava cansada daquela quantidade de informação.
resolvi inovar e pronto.
fora a minha cisma, eu sou daquelas que acredita que menos é mais!!!
bom, acho que fui clara! rsrsrs

o fato é que essa cisma me levou a fazer uma festinha linda e diferente para minha preciosa filha!!
fiz assim: marquei a festa para as 10h da manhã e chamei um buffet para servir um café da manhã regado de coisas boas! então me encarreguei de fazer a mesa do bolo, os doces e a decoração.
e aí, confere nas fotos e me diz se preciso falar mais alguma coisa!!!


a dona do jardim


docinhos personalizados


a dona do jardim passando o dedinho no marshmallow do cupcake! rsrs


a arte visual ficou por conta da Gi! que por sinal arrasou!

a mesa com o café da manhã!


pão de mel maravilhoso Le Sucré

tupiarias feitas por mim

a mesa (toalha feita pela vovó Edna. ah, todos os arranjos de flores também!)



para animar, não podia faltar o Tio Wanderley (amado das crianças),
professor de música lá da escolinha que nos fds anima festinhas por aí!

teatrinho


em cada mesa tinha uma florzinha com fotinho da manu!
as lembrancinhas foram umas caixinhas de acrílico cheias de delicado
(e um tag agradecendo a presença)


diferente do ano passado (que a gi estava com a mamãe em sampa,
vivendo o pós operatório de seu transplante), esse ano a família estava reunida!!


foi isso!!
tudo feito com muito carinho e emoção!!!
todos amaram, principalmente a minha lindinha!!
e eu, fiquei feliz da vida de ter feito uma festinha tão linda (com ajuda da mamãe e da gi, é claaaaaaaaaaaaro!)!
mais feliz ainda de ver a alegria da manu!!! que é e sempre será a minha motivação para tudo!!

domingo, 8 de agosto de 2010

o melhor...

os outros que me desculpem, mas o melhor pai do mundo é o meu!!



amo você, papis!


terça-feira, 3 de agosto de 2010

a pergunta que não quer calar


dia desses, fiquei apenas alguns minutinhos em frente a uma banca de jornal lendo as manchetes das revistas enquanto aguardava a gráfica finalizar minhas impressões.
tinha tanta, mas tanta revista prometendo milagres, que resolvi anotar!!!
confere:

- seque 20kg com a cápsula que afina a cintura
- 'perdi 34kg com a dieta da caloria negativa'
- 'sequei 31kg com a farinha de feijão branco'
- emagreça com o método 'eu mereço'
- 9 cortes de cabelo que emagrecem (agora cortar o cabelo emagrece!?!?!)
- dieta certa para 20, 30, 40 anos (cardápio da nutricionista para cada idade). seca 2kg em 7 dias
- afina a cintura sem fazer lipo
- dieta do sucrilho (derrete 8kg)
- bebidas que emagrecem
-dieta do iogurte (perca 6kg por mês com um cardápio especial)
- sopa com ração humana (derrete 3kg em 1 semana)
- perca 8kg em 1 mês (com asemente que dá fim ao efeito sanfona)
- novas pílulas que queimam gordura

e a melhor:

- perca 2kg em 4 dias (a não pára por aí: revelamos o esquema que impede você e engordar de novo, sem remédio nem cardápio)


em quase todas as capas tem uma mulher 'photoshopada' de biquíni!!
agora, por favor, alguém pode me responder a seguinte questão:

COM TANTAS FÓRMULAS MILAGROSAS, POR QUE AINDA EXISTE GENTE GORDA????

terça-feira, 27 de julho de 2010

ser mãe: aprender mais que ensinar

as responsabilidades que tenho como mãe não são apenas saúde, educação e alimentação.
vão muito além.....
com o passar dos dias percebo o quanto sou responsável pelo que a minha filha será quando for adulta. estou falando de personalidade, caráter e comportamento.
tenho plena certeza de que o que sou e serei para ela ao longo de sua vida influenciará totalmente na sua formação.
e aí, que eu já estou percebendo que mais difícil que passar meus valores pra ela e educá-la, é achar o 'equilíbrio' das coisas.
tipo, saber dosar a rigidez das normas e ao mesmo tempo demonstrar que eu estou no comando! (não, eu não estou usando drogas! viajo de cara limpa mesmo!)
traduzindo: ter o controle da situação quando ela me desafia (aos quase 4 anos de idade) e ao mesmo tempo não ser dura demais (afinal, ela é uma criança!!)


minha lição de hoje: saber dosar as coisas!!

pensamento do dia: o que você não aprendeu com a vida por bem ou por mal, você vai aprender na marra quando for mãe!